Pesquisa de Condições de Vida – PCV


TEXTOS (.PDF)  

:: Apresentação
:: Programas de Transferência de Renda
:: Demografia
:: Escolaridade
:: Mercado de Trabalho
:: Características das Famílias
:: Condições Habitacionais
:: Acesso a Equipamentos e a Redes de Serviços Públicos
:: Acesso e Utilização dos Serviços de Saúde

A Fundação Seade disponibiliza os dados da Pesquisa de Condições de Vida – PCV, coleta domiciliar por amostragem, e apresenta os primeiros resultados da edição de 2006, a qual sucede os levantamentos realizados em 1990, 1994 e 1998. Com a finalidade de abastecer de dados primários os estudos sobre pobreza urbana, a PCV adota, desde suas formulações iniciais, a ótica multidimensional do tema que considera, além da renda, os aspectos de moradia, educação, saúde e inserção no mercado de trabalho.

Na presente edição – produto de parceria entre a Fundação Seade e a Casa Civil do governo do Estado de São Paulo –, a PCV foi aplicada em amostra de cerca de 20 mil domicílios, representativa da população paulista residente em área urbana. Foram visitados cerca de 150 municípios do interior do Estado, além dos pertencentes às três regiões metropolitanas – São Paulo, Baixada Santista e Campinas –, com o intuito de oferecer um panorama da situação socioeconômica da população urbana paulista.

A quarta tomada da PCV foi aplicada entre junho e novembro de 2006, em domicílios localizados nas áreas urbanas, que concentravam, naquele ano, 93,7% da população residente no Estado.

A amostra foi planejada para contemplar as três regiões metropolitanas paulistas, quatro de suas regiões administrativas e dois aglomerados urbanos (Quadro 1).

Além dos dados que compõem o escopo básico da pesquisa – habitação, acesso a serviços de saúde, educação, inserção no mercado de trabalho e rendimentos –, o levantamento incluiu a investigação sobre o acesso da população a programas sociais implantados no Estado de São Paulo, particularmente os de transferência de renda. Tal procedimento, por meio de pesquisa primária domiciliar, permite avaliar a cobertura e focalização dos benefícios concedidos e, com isso, subsidia o aprimoramento das ações públicas de combate à pobreza e de proteção social.

Este documento, ao anunciar a disponibilização da base de microdados da PCV aos interessados, revela alguns resultados com vistas a demonstrar as potencialidades dessas informações – em particular como instrumento de avaliação das políticas sociais. Além disso, apresenta um breve perfil da situação socioeconômica da população residente em São Paulo e suas regiões.

Este sistema, ao disponibilizar os principais resultados da PCV, demonstra as potencialidades dessas informações – em particular como instrumento de avaliação das políticas sociais. Além disso, apresenta um breve perfil da situação socioeconômica da população residente em São Paulo e suas regiões. Para acessar a base de microdados da PCV, os interessados devem contatar a Fundação Seade pelo telefone (11) 3313-5777 ou pelo e-mail sicseade@seade.gov.br.


DOWNLOAD  

Publicação
completa
Tabelas Metodologia Questionário Edições Anteriores