Informações Eleitorais
Voltar Acesso à Base
 Resultados de Eleições 

 Eleição 2000 - Prefeito - SP - Campinas:

  1º TURNO
Eleitores 624.591 100%    
    Abstenções 93.517 14,97%    
    Comparecimento 531.074 85,03% 100%  
        Votos Nulos 26.315   4,96%  
        Votos em Branco 24.316   4,58%  
        Votos Válidos 480.443   90,47% 100%
            Votos Nominais 480.443     100,00%
            Votos na Legenda 0     0,00%

Votos por Partido Todos os partidos :
Partidos Votos % dos
válidos
1º - PT 188.417 39,22%
2º - PSDB 106.896 22,25%
3º - PDT 78.348 16,31%
4º - PSB 36.041 7,50%
5º - PMDB 23.681 4,93%

Votos Nominais Todos os candidatos:
Candidatos Votos % dos
válidos
1º - Antonio da Costa Santos - PT / PSTU 188.417 39,22%
2º - Carlos Henrique Focesi Sampaio - PSDB 106.896 22,25%
3º - Hélio de Oliveira Santos - PDT / PTB / PHS / PC do B 78.348 16,31%
4º - Jaco Bittar - PSB 36.041 7,50%
5º - Luiz Carlos Rossini - PMDB / PL / PMN / PV 23.681 4,93%
6º - Petterson Prado - PSC / PPS / PRP 18.450 3,84%
7º - José Roberto Mingone - PSL / PTN / PFL / PT do B 16.929 3,52%
8º - Alvaro Cesar Iglesias - PPB 7.849 1,63%
9º - Josias da Silva Caetano - PRN 1.929 0,40%
10º - Luiz Carlos Moreira - PST / PSD 1.367 0,28%
11º - Osmar Baldin Simionatto - PSDC 536 0,11%


  2º TURNO
Eleitores 1.147.198 100%    
    Abstenções 624.591 54,44%    
    Comparecimento 522.607 45,56% 100%  
        Votos Nulos 22.301   4,27%  
        Votos em Branco 15.031   2,88%  
        Votos Válidos 485.275   92,86% 100%
            Votos Nominais 485.275     100,00%
            Votos na Legenda 0     0,00%

Votos por Partido Todos os partidos :
Partidos Votos % dos
válidos
1º - PT 290.132 59,79%
2º - PSDB 195.143 40,21%

Votos Nominais Todos os candidatos:
Candidatos Votos % dos
válidos
1º - Antonio da Costa Santos - PT / PSTU 290.132 59,79%
2º - Carlos Henrique Focesi Sampaio - PSDB 195.143 40,21%


Fonte: Tribunal Superior Eleitoral - TSE; Tribunal Regional Eleitoral - TRE; Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados - Seade.
 
Nota:   O número de votos pode não determinar se o candidato foi ou não efetivamente considerado eleito, devido à possibilidade de indeferimento do registro da candidatura, existência de recursos às decisões da Justiça Eleitoral e outras situações previstas na legislação eleitoral.